Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

SANTA CATARINA - Dia do Consumo Consciente: veja dicas para melhorar suas relações de compra

A data é celebrada no dia 15 de outubro e estimula a reflexão sobre os hábitos de consumo.Você sabia que todos os recursos renováveis que a Terra poderia oferecer para este ano se esgotaram em agosto? Quem diz isso é a ONG Global Footprint Network, que desde a década de 1970 calcula anualmente o "Dia de Sobrecarga da Terra".

Os recursos nunca se esgotaram tão cedo desde que o estudo começou a ser feito - a primeira previsão era de um esgotamento em 29 de dezembro - mas essa previsão pode ser reduzida para os próximos anos por meio de mudanças práticas nos hábitos de consumo e cuidados com a geração de resíduos.

É por isso que, neste 15 de outubro, Dia do Consumo Consciente, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresenta uma lista de hábitos que podem ajudar você a praticar um consumo ainda mais consciente.

"O consumo consciente deve estar presente em cada ato do nosso dia a dia, desde a opção em utilizar um copo descartável para tomar o cafezinho, o canudo para tomar um suco, até a escolha de alimentos saudáveis e sua forma de produção. A data é muito importante para provocar essa reflexão, e nada melhor do que a informação, um dos principais pilares da defesa do consumidor, para propiciar essa escolha", comentou a coordenadora do Centro de Apoio Operacional do Consumidor (CCO), Promotora de Justiça Greicia Malheiros da Rosa Souza.

PRÁTICAS QUE ESTIMULAM UM CONSUMO CONSCIENTE

Quando for a lojas ou supermercados, procure fazer uma lista com os produtos que você realmente precisa comprar, os itens indispensáveis. Essa é uma maneira de evitar a compra de supérfluos, reduzir o consumismo e diminuir a geração de lixo. Um bom primeiro passo para um CONSUMO CONSCIENTE.

Tudo o que se compra gera resíduos. Portanto, separe o LIXO produzido. Plástico, papel, vidro e metal são itens recicláveis e podem servir de matéria-prima para novos produtos, impactando menos o meio ambiente. Já os resíduos orgânicos podem ser usados como adubo. Orgânicos são aqueles materiais que se degradam espontaneamente na natureza, como restos de alimentos e de podas, e que reciclam os nutrientes da terra.

Antes de comprar, pense nos DANOS que suas escolhas podem causar no meio ambiente. Pesquise a origem do produto, como ele é feito e que materiais ou substâncias são utilizados para sua produção. Ler as embalagens é uma boa dica que pode evitar o consumo de produtos que degradam a natureza.

Faça um balanço das suas compras e questione quais são suas reaisNECESSIDADES. Reflita se você realmente precisa fazer a aquisição ou se é apenas um impulso. Além de contribuir para uma redução no consumo excessivo e na geração de resíduos, o questionamento pode ajudar você a manter um melhor controle de suas finanças.

Não compre outra vez o que você ainda pode consertar, transformar e reutilizar. Isso envolve os quatro R da sustentabilidade: Repensar, Reduzir, Reutilizar e RECICLAR. Ao reaproveitar um produto, você contribui para a conservação do meio ambiente produzindo menos resíduos.

Não é só a qualidade e o valor do produto que você deve considerar. A responsabilidade social e com o MEIO AMBIENTE contam na hora da escolha. Dê preferências às marcas ecologicamente corretas e que representam um menor impacto à natureza.

Um consumo consciente vai além de uma relação de consumo. É uma relação de respeito com o meio ambiente e com os recursos naturais. Aproveite o incentivo do Dia do Consumo Consciente (15/10) e repense seus hábitos.

As palavras destacadas em negrito na listagem acima são as respostas do desafio que nós propusemos em nossa página do Facebook. Clique aqui para ver a publicação e, assim, poder compartilhar em suas redes sociais dicas para um consumo mais consciente.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

.: voltar :.