Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

reuniaoAmazonia02

Procuradores-Gerais de Justiça que compõem os Estados da Amazônia Legal assinaram, nesta quarta-feira, 12 de agosto, um Acordo de Resultados em Defesa da Amazônia cuja finalidade é a implementação de mecanismos específicos, como forças-tarefas, grupos de atuação especial ou similares, para a prevenção e o combate ao desmatamento e às queimadas ilegais, bem como o crime organizado ambiental. A assinatura do acordo ocorreu durante reunião de trabalho dos Procuradores-Gerais de Justiça dos Ministérios Públicos dos Estados da Amazônia Legal, realizado na cidade de Belém, na sede do Ministério Público do Pará. O presidente do CNPG, Fabiano Dallazen, esteve presente no encontro promovido pela Comissão do Meio Ambiente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

reuniaoAmazonia01A iniciativa de criação de grupos especializados de atuação nos Ministérios Públicos dos Estados que compõem a Amazônia Legal tem o propósito de fortalecer e contribuir para o desenvolvimento de ações estratégicas de competência do Ministério Público brasileiro no combate aos crimes e ações ilegais na região, de ações articuladas com os demais órgãos de defesa da Amazônia e do aprimoramento do diálogo entre as instituições, com a troca de experiências.

Segundo o Acordo, o CNMP, por meio de sua Comissão do Meio Ambiente, pretende contribuir para o fortalecimento da atuação dos grupos e forças-tarefas criados com o desenvolvimento de estratégias para maior integração com as forças-tarefas do Ministério Público Federal e a realização de oficinas de trabalho e capacitação, em parceria com instituições de ensino, com a Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa) e órgãos e instituições públicas de defesa do meio ambiente.

 

 Clique aqui  para acessar o Acordo de Resultados em Defesa da Amazônia.

.: voltar :.