Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

homenagempachecogeralpresidente do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG) e procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, participou nesta segunda-feira (7), em Belo Horizonte, da solenidade em homenagem ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, ex-estagiário do Ministério Público de Minas Gerais, em reconhecimento aos serviços prestados ao MP. A sessão foi conduzida pelo PGJ do MPMG, Jarbas Soares, e contou com a presença e participação virtual dos dirigentes do MPMG, do senador Antônio Anastasia e outras lideranças institucionais e políticas. 

 Em sua fala, o senador Rodrigo Pacheco destacou o relevante trabalho realizado pelo ex-presidente da Casa, o senador amapaense Davi Alcolumbre. Para a presidente do CNPG, foi uma oportunidade de reconhecer e valorizar o trabalho daqueles que já contribuíram para o crescimento do Ministério Público Brasileiro e que continuam demonstrando compromisso com o fortalecimento do MP, com as causas coletivas e a defesa intransigente da sociedade.

O presidente do Congresso Nacional, afirmou, ainda, que recebia a homenagem mais importante da sua carreira político-jurídica.

homenagemmgO bom filho à casa torna” assim, o procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior, iniciou o seu discurso, na solenidade de homenagem ao presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco. A mensagem de abertura faz referência ao fato de o presidente do Senado ter estagiado no Ministério Público de Minas Gerais, em 1997, quando integrou a equipe do então promotor Gustavo Mansur Balsamão, hoje, procurador de Justiça.

homenagempachecoIIFormado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) no ano de 2000, especializou-se em Direito Penal Econômico, pelo Instituto Brasileiro de Ciências Econômicas Criminais (IBCCRIM), e atuou como advogado criminalista. Em 1997, foi estagiário do Ministério Público de Minas Gerais. Posteriormente, foi estagiar em escritório de advocacia e acabou tornando-se sócio em um escritório que atuou em processos como os do Mensalão. Pacheco desligou-se em 2016, foi defensor dativo da Justiça Federal, membro do Conselho de Criminologia e Política Criminal do Estado de Minas Gerais (CCPC), auditor do Tribunal de Justiça Desportiva, além de professor universitário. 

O procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior, destacou o perfil de mineiridade do presidente do Senado. “Ele jamais será levado ao confronto desnecessário. A conciliação é a vocação dos homens deste Estado. O MPMG se orgulha de ter feito parte da sua formação. Jogue água nas labaredas que querem consumir as garantias, a autonomia e as prerrogativas dadas pelo constituinte, às instituições do Estado. Há tempo para tudo, inclusive, para deliberar. As suas mãos são limpas, use-as. Não se acomode, mas também não se apresse. Nunca se esqueça dos caminhos percorridos. Confiamos em você ”,conclui.

Participaram da cerimônia:

sessaomg

O governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema; Vice-Governador Paulo Brant; Senador Antônio Augusto Anastasia; Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, Deputado Estadual Agostinho Patrus; Presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Gilson Soares; Defensor Público Geral, Gério Patrocínio Soares; Presidente da Associação Nacional Dos Membros Do Ministério Público, Manoel Victor Sereni Murrieta  e Tavares; Presidente da Associação Mineira do Ministério Público; Eneias Xavier Gomes; Vice-Presidente da AMMP, Larissa Rodrigues Amaral; Procurador de Justiça aposentado e Conselheiro do Conselho Curador do Memorial, Joaquim Cabral Neto; Procurador de Justiça Gustavo Mansur Balsamão; Secretário de Governo Igor Eto; Procurador-Geral da Justiça Militar Duarte; Presidente da Associação Mineira dos Magistrados, Desembargador Alberto Diniz Júnior; Vice-Presidente da Associação Mineira do Ministério Público, Larissa Rodrigues Amaral; Presidente da Associação do Ministério Público de Minas Gerais, Enéias Xavier Gomes.

Remotamente:

Presidente do Superior Tribunal de Justiça e do Conselho Nacional de Justiça, Ministro Humberto Martins; Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, desembargador Alexandre Victor de Carvalho, Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Minas Gerais, Raimundo Cândido Júnior.

 

Com informações da Assessoria de Comunicação do MPMG

--------

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Ana Girlene
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Contato: (96) 3198-1616

.: voltar :.