Imprimir

1

Com o objetivo de promover o debate de temas relevantes sobre o Tribunal do Júri, estimulando o compartilhamento de estratégias, a produção de teses jurídicas e o aperfeiçoamento profissional dos membros do Ministério Público brasileiro, teve início nesta quinta-feira (13/6) o III Encontro Nacional do Ministério Público do Tribunal do Júri, realizado no auditório do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em Brasília (DF).

A palestra de abertura do evento foi proferida pelo Presidente do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), Procurador-Geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos que abordou "A importância do Júri para o MP".

O evento, que acontece em dois dias, é realizado pela Unidade Nacional de Capacitação do Ministério Público (UNCMP).

10Também participam do encontro os Promotores de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul Fabio Ianni Goldfinger, Lívia Carla Guadanhim Bariani, Maurício Mecelis Cabral, Felipe Almeida Marques, Leonardo Dumont Palmerston e Romão Ávila Milhan Junior, Presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Membros do Ministério Público (ASMMP).

Solenidade

Na abertura do evento, exclusivo para membros do MP, o Presidente da UNCMP, Conselheiro Lauro Nogueira, disse que o encontro é muito relevante por conta do destaque que o tribunal do júri tem no Ministério Público brasileiro. “O tribunal do júri é de fundamental importância para a sociedade brasileira, pois é onde defendemos o bem maior que é a vida. É um trabalho que muito nos toca como membro do MP, mexe com nossa essência. O Promotor de Justiça que ali atua precisa doar-se totalmente, com bastante comprometimento”, discorreu.

Lauro Nogueira também destacou que, neste ano, o evento trará uma inovação: a realização dos painéis em forma de debates, para que o encontro tenha um perfil mais informal. Os eixos de discussão serão: temas polêmicos do júri, discurso do Ministério Público em plenário, tutela pela mulher e feminicídio, e exploração da prova no processo do júri.

Concluindo, Lauro Nogueira afirmou que os debates do encontro foram pensados para proporcionar evolução e avanço aos presentes. “Coloco a UNCMP à disposição dos colegas do Ministério Público e espero que amanhã, ao fim do evento, todos possam ter aproveitado esta oportunidade para aprimorar a nossa atuação”.

Além do Presidente do CNPG compuseram a mesa de abertura os Conselheiros do CNMP Gustavo Rocha e Fábio Stica; e o Procurador-Geral de Justiça do Estado do Ceará, Plácido Barroso.

Veja aqui a programação completa do evento.

Clique aqui para ver mais fotos.

Texto: Ana Paula Leite/jornalista Assecom MPMS com informações do CNMP

Fotos: Sergio Almeida (Secom/CNMP)