Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

Conselho Nacional de Procuradores-Gerais - CNPG

Menu
<

 

Na última segunda-feira (15), Zélia Saraiva Lima foi reconduzida ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Piauí para o biênio 2013/2015, em sessão solene do Colégio de Procuradores de Justiça, presidida pelo Procurador de Justiça Alípio de Santana Ribeiro. Ao reassumir a chefia do Ministério Público do Estado do Piauí por mais dois anos, Zélia Saraiva Lima defendeu com veemência a manutenção das prerrogativas constitucionais do MP, e renovou seu compromisso com a sociedade.

O MPPI representa a segurança da sociedade. E tudo faremos, através do nosso trabalho, para atender às demandas da sociedade e honrar a missão da Instituição, que é defender a ordem jurídica, o regime democrático, os interesses sociais e individuais indisponíveis, a fim de garantir a cidadania plena e o desenvolvimento sustentável. Nesta nova gestão, queremos ser um Ministério Público reconhecido pelos resultados. Estaremos mais firmes no combate à corrupção e vamos lutar por um orçamento digno. Precisamos ser fortes e independentes. E só conseguiremos se tivermos um orçamento que atenda nossas dificuldades”, comentou a Procuradora-Geral.

A procuradora-geral de Justiça também fez um balanço de sua primeira gestão no biênio 2011/2013, que estabeleceu uma nova política de administração, procurando privilegiar os recursos em investimentos para fortalecer tanto a área-fim com a área-meio. O presidente da Associação Piauiense do Ministério Público, Paulo Rubens, destacou a reeleição de Zélia Saraiva e disse que a conquista é fruto de um trabalho árduo, que colocou o MPE entre as instituições mais transparentes do país.

A solenidade foi prestigiada pelo governador do Estado do Piauí, Wilson Nunes Martins, pela conselheira e ouvidora do Tribunal de Contas, Lilian Martins, desembargador (Tribunal de Justiça) Fernando Carvalho Mendes, pelo subprocurador-geral da República, João Francisco Sobrinho, pelo procurador Regional Eleitoral, Alexandre Assunção e Silva, pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Haroldo Oliveira Rehem, pelo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Piauí, José Wellington Soares, pelo deputado federal Júlio César, pelo secretário de Educação do Estado do Piauí, Átila Lira, pelo presidente da Associação do Ministério Público e representante da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Paulo Rubens Parente Rebouças, pela Corregedora-Geral do Ministério Público, Rosângela de Fátima Loureiro Mendes, pela ouvidora do MPPI, Ivaneide Assunção Tavares Rodrigues e diversas outras autoridades civis e militares.

Na ocasião, a procuradora-geral do MPPI também foi prestigiada por autoridades do Ministério Público de outros Estados: representando o Conselho Nacional de Procuradores Gerais (CNPG), a procuradora-geral do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Eunice Pereira Amorim Carvalhido, a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá, Ivana Lúcia Franco Cei, o chefe de gabinete do Ministério Público do Amapá, Roberto da Silva Álvares e representando o Ministério Público da Bahia, a procuradora de Justiça, Marilene Pereira Mota.

 

.: voltar :.